Rádio Big Rock

Translate

terça-feira, 11 de abril de 2017

Gene Simmons e Paul Shaffer, entre outros, discursam no velório de Chuck Berry

O corpo de Chuck Berry foi velado no último domingo, 9, após alguns memoriais abertos ao público em St. Louis, no estado norte-americano do Missouri, cidade natal do ícone do rock and roll. Berry morreu no dia 18 de março aos 90 anos.
Na manhã do último domingo, 9, centenas de fãs começaram a se reunir na casa de eventos Pageant para um memorial com caixão aberto, em que o corpo de Chuck Berry estava vestindo um terno branco, camisa roxa e o famoso chapéu de capitão, acompanhando da guitarra Gibson ES-335 vermelha.
Um arranjo floral em forma de guitarra, enviado pelos Rolling Stones, estava do lado do caixão de Berry, segundo o St. Louis Post-Dispatch. “Obrigado pela inspiração. Com as memórias mais queridas, Mick, Keith, Charlie e Ronnie, os Rolling Stones”, dizia o cartão que acompanhava o arranjo. Simmons, que não planejava falar no velório, subiu ao palanque para agradecer Berry: “Triste, porém, honrado com o convite. O caixão estava aberto, mas não quis olhar, não suportaria. Para quem é jovem demais para saber, Chuck Berry foi um dos patronos do Rock and Roll, o arquiteto de como tocar guitarra no estilo. Sem ele, não haveria Beatles, Rolling Stones e Jimi Hendrix, entre tantos outros”, declarou Gene Simmons.

Funeral Chuck Berry


Fotos: Divulgação / Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário