Dicas

Translate

8 de janeiro de 2019

Gang Of four – Sesc Pompéia - São Paulo – 22/11/2018

Foto: Roberio Lima

‘Trinta minutos’ - foi o tempo necessário para que se esgotassem todos os ingressos das duas apresentações que o Gang Of Four faria na cidade. “Entertainment!”, mais celebrado álbum dos ingleses está prestes a  completar quarenta anos de vida, e obviamente alguns de seus clássicos seriam apresentados. Diferentemente da primeira visita ao país, quando o grupo inglês se apresentou com a formação original no extinto festival Campari Rock, agora, somente Andy Gill deu o ar da graça. E dessa vez, veio acompanhado de Thomas McNeice(baixo), Tobias Humble (bateria) e John Sterry (vocal). 

A comedoria do Sesc Pompéia foi o local escolhido para as apresentações na cidade (os ingleses ainda se apresentariam no Sesc Ribeirão Preto). Diante de duas datas concorridíssimas, nós do Big Rock N’ Roll, estivemos presentes na apresentação da quinta-feira (22). Minutos antes da apresentação, uma chuva torrencial castigou as imediações e deu ao local,  o clima necessário para que o show ficasse ainda mais interessante. 

Por volta das 22h, Andy Gill sobe ao palco com uma taça na mão para iniciar o set com “Anthrax”, e ao mesmo tempo em que extraía algumas distorções e microfonias de seu instrumento, fez o que inconscientemente todos esperavam, atirou sua guitarra contra o chão, até que ficasse em pedaços. Tudo isso atentamente testemunhado pelos demais membros da banda e pelo público atônito. Com as devidas ‘apresentações’ já concluídas, “Where The Nightingale Sings” foi a próxima canção a ser executada, e foi também  a senha para que alguns corpos da plateia se contorcessem em consonância com o de John Sterry. Aliás, sua performance é desesperada e segue o ritmo desconexo e inventivo das canções. 

Foto: Roberio Lima

“Paralysed” foi mais uma das responsáveis por manter o clima em alta. A performance da banda fez a festa dos fotógrafos, pois além de John Sterry, Thomas McNeice mantém uma movimentação frenética de um lado para o outro do palco. E não é só isso, pois o “homi” toca muito! O show já estava em sua reta final, quando o quarteto mandou a dobradinha, que na opinião desse que vos escreve, foi o golpe de misericórdia: “At Home He’s a Tourist” e “To Hell With Poverty”, que deram os contornos finais à uma noite já inesquecível! O set foi fechado com “I Found That Essence Rare”, mas nesse momento todos já estavam saciados. 

Em termos de shows 2018 foi, provavelmente,  um dos que mais celebrou os anos oitenta: Peter Hook, Blondie, Killing Joke, New Order... Que essa ‘revival’ oitentista continue em 2019!!


Setlist Gang Of Four: 

Anthrax 
Where The Nightingale Sings 
Not Great Men
Toreador
Paralysed
Parade Myself
Isle Of Dog
What We All Want
Natural’s Not In It
Lucky
Damage Goods
Do As I Say
Why Theory?
I Love a Man In A Uniform
At Home He’s a Tourist
To Hell With Poverty
Ether
Return The Gift
I Found That Essence Rare



Por: Roberio Lima

Agradecimento pelo credenciamento: Sesc Pompéia

Nenhum comentário:

Postar um comentário