Rádio Big Rock

Translate

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Filme sobre acidente do Lynyrd Skynyrd é proibido

Robert W. Sweet, juiz que atua em Nova York, emitiu uma liminar permanente contra o filme que contaria o trágico acidente sofrido pelo Lynyrd Skynyrd, em 1977. Com o título de “Street Survivors: The True Story of the Lynyrd Skynyrd Plane Crash”, o filme conta a história pela perspectiva do baterista Artimus Pyle, um dos sobreviventes da queda.
A participação e o envolvimento de Pyle são a razão específica para a proibição. As famílias do vocalista Ronnie Van Zant e do guitarrista Steve Gaines juntaram-se a Gary Rossington, membro fundador e único integrante original da banda a seguir em atividade, no processo contra o ex-baterista, que atua como consultor e co-produtor do filme. Eles argumentam que a atitude de Artimus Pyle viola um acordo feito em 1987 entre todos os músicos envolvidos na tragédia e que proíbe qualquer membro de participar de um projeto relacionado ao Lynyrd Skynyrd que não tenha a participação de pelo menos três músicos sobreviventes do período pré-acidente.
No entanto, esse acordo não tem sido cumprido rigorosamente nos últimos anos, inclusive pela própria formação atual do Lynyrd Skynyrd. Após a morte do tecladista Billy Powell em 2009, Rossington e o guitarrista Ricky Medlocke – que chegou a tocar brevemente com o Skynyrd em 1971 e juntou-se de maneira definitiva à banda em 1996, deixando o Blackfoot totalmente de lado – são os únicos músicos remanescentes daquela época, o que fere o acordo.
A Cleopatra Records, que está produzindo o filme, só poderá seguir adiante se cortar do roteiro qualquer relação com o Lynyrd Skynyrd e todos os seus músicos atuais e antigos, focando o enredo apenas na história de Artimus Pyle. O que, convenhamos, não fará o menor sentido se for feito.

Imagem relacionada

Foto: Divulgação / Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário