Rádio Big Rock

Translate

26 de setembro de 2018

Pitty – Turnê Matriz

Foto: Bullino.Inc


Na última sexta-feira, 21 de Setembro, Pitty abriu sua mais nova turnê com um show diferente de seus trabalhos anteriores, mas que reafirmou algo que aqueles que estavam lá muito provavelmente já sabiam: Pitty coloca sua alma no palco.

Misturando sucessos de diferentes momentos de sua carreira, músicas como a calma “Dançando” e seu contato com artistas de outros estilos como Tássia Reis e Emicida, que também subiram ao palco, o público pôde entender que este show representa a fase atual de Pitty, não por focar em seus novos trabalhos, mas por mostrar sua trajetória artística; aquilo que ela vem construindo, sob a perspectiva do agora.

Dentre as novidades, fazendo com que todos que cantavam junto o show inteiro somente ouvissem por alguns minutos, o lançamento da música “Controle Remoto”; assim como esta, outras músicas que estarão no novo álbum serão apresentadas ao longo da turnê. Além disso, dando um novo olhar a seu repertório, “Teto de Vidro” veio como acústica e “Máscara” foi apresentada em uma forma estendida, com o rap de Emicida e Tássia.

Foto: Bullino.Inc


O seu cover de “metamorfose ambulante”, do grande Raul, foi seguido dos gritos de “ele não” do público que, balançando papéis com os dizeres “#EleNão #EleNunca”, protestou contra o candidato Bolsonaro diversas vezes, tanto ao longo do show de Pitty, como do show de abertura de Tássia Reis que fez questão de apontar que “essa sim é a voz do povo”.

A música “Serpente” tornou-se uma carinhosa despedida ao encerrar a noite, desejando que todos voltassem em segurança, o público cantando em sintonia parecia encher a casa de uma energia calma e boa. 

Foto: Bullino.Inc



Setlist:

Admirável Chip Novo
Anacrônico
SeteVidas
Memórias
I Wanna Be
Te conecta
Na sua estante
Um leão
Teto de vidro
Temporal
Metamorfose Ambulante
Dançando
Controle Remoto
Contramão (com Tássia Reis)
Feeling Good (com Tássia Reis) (cover de Nina Simone)
Me adora
Hoje Cedo (com Emicida)
Máscara (com Emicida e Tássia Reis)

Encore:
Equalize
Desconstruindo Amélia
Serpente





Por: Daniela de Fátima Vieira

Agradecimento pelo credenciamento: Camila Dias - Audio Club

Fotos gentilmente cedidas por: Marcos Cesar (Bullinos.Inc) - A Ilha do Metal

Um comentário: