Rádio Big Rock

Translate

23 de abril de 2019

Teatro de Arena recebe o rock autoral da Eletroacordes banda

Foto: J.P. Cirne Lima

O palco e os degraus no alto das escadarias do Viaduto Otávio Rocha vão estremecer. O melhor do rock autoral vai estar à mostra e ao vivo pelo novo trabalho da Eletroacordes banda, agora, constituído como quarteto, no próximo dia 25 de abril (quinta-feira), às 20 horas no Teatro de Arena, em Porto Alegre. O show, intitulado "Violino Amarelo", busca variações inspiradas em nuances psicodélicas e antecipa o que será o terceiro EP da banda, em fase de produção. Participação especial do músico Edgar Parobé. Ingressos a partir de contribuição espontânea.  

De cara nova, e com seis shows em 2019 com a nova formação, a banda executa novas sonoridades, com experimentações mais ousadas, além de releituras de canções ambientadas também no blues, jazz e pop. Porém, com 2 EP’s lançados e 4 clipes roteirizados,  a Eletros já percorre novas trilhas psicodélicas, sem abandonar suas origens. Integram a atual formação Rodrigo Vizzotto (voz, guitarra, harmônica), Marcelo Bacci (baixista), Luis Tissot (guitarra) e Mateus Melo (bateria).

Para a apresentação, com cerca de 1 hora de duração – composto por 12 músicas autorais – mescla antigas e novas composições da banda. As novidades ficam por conta das canções inéditas “Aquele Beijo”, com clipe novo disponível nas plataformas digitais, “Sono Tão Profundo” e “Passageiro”, e ainda as clássicas “Quem foi que Disse” e “Alucinada”.

Iniciada pelo caminho do mais puro rock em 2009, a Eletroacordes seguiu até ano passado como trio, transcendendo pela música eclética, sem rótulos ou receitas prontas, plugado nas origens dos anos 70. Os mais de 100 shows executados na Capital e Interior gaúcho, já dão o tom do evento, incluindo versões em set acústico e releituras de novas músicas. Claro, o tradicional “Toca Raul” não deixará de ser atendido.

O Teatro de Arena fica na Av. Borges de Medeiros, 835 - Centro Histórico, Porto Alegre (RS).


Agradecimento: Rodrigo Vizzotto

Nenhum comentário:

Postar um comentário