Translate

21 de janeiro de 2022

Hanson no Brasil: venda de ingressos começa em fevereiro

Foto: Jonathan Weiner


Em outubro, o Hanson desembarca no Brasil com a turnê mundial Red Green Blue 2022. O trio irá se apresentar em sete cidades: Porto Alegre (11 de outubro no Bourbon Country), Curitiba (12 de outubro no Live Curitiba), Ribeirão Preto (14 de outubro na Arena Eurobike), São Paulo (15 de outubro no Espaço das Américas), Uberlândia (16 de outubro no Sabiazinho), Brasília (19 de outubro no Centro de Convenções Ulysses Guimarães) e Rio de Janeiro (21 de outubro no Qualistage).

A pré-venda exclusiva para o fã-clube começa no dia 06 de fevereiro (domingo), às 10h, e termina às 22h do dia 09 de fevereiro (quarta-feira). A pré-venda, que será feita exclusivamente online, é limitada a 4 (quatro) ingressos por CPF e sujeita a taxa de conveniência. Para efetuar a compra é necessário ter o código fornecido pelo fã-clube oficial do Hanson.

A pré-venda para os shows de Porto Alegre e Curitiba será feita exclusivamente pelo site https://uhuu.com . Para os shows de São Paulo, Ribeirão Preto, Uberlândia e Brasília pelo site www.ticket360.com.br. E para o show do Rio de Janeiro pelo site https://qualistage.com.br/evento/16/hanson .

As vendas online para o público em geral de todas as cidades começam no dia 10 de fevereiro (quinta-feira) às 10h.

Nas cidades de Porto Alegre, Ribeirão Preto, São Paulo, Uberlândia e Brasília as vendas de ingressos nas bilheterias oficiais e sem taxa de conveniência começam na quinta-feira, 10 de fevereiro, a partir das 10h. No Rio de Janeiro a bilheteria oficial começará a funcionar, às 11h, do dia 10 de fevereiro.

A bilheteria oficial em Curitiba iniciará as vendas na quinta-feira, 10 de fevereiro, a partir das 10h, e está sujeita a taxa de conveniência. 


No momento em que completam 30 anos de carreira, juntamente com a turnê, os irmãos Clarke Isaac Hanson (guitarra, baixo, piano e vocal), Jordan Taylor Hanson (piano, percussão e vocal) e Zachary Walker Hanson (bateria, piano e vocal) anunciam o álbum RED GREEN BLUE composto por três projetos solo da banda.

Com um terço do álbum escrito e produzido por cada irmão (Taylor's Red, Isaac's Green e Zac's Blue), o novo trabalho reúne as três vozes criativas e únicas como nunca antes e uma equipe de colaboradores.

No repertório dos shows, além das músicas do novo álbum, o Hanson irá apresentar pela primeira vez as canções de Against The World, álbum lançado em 2020, e grandes sucessos, como “MMMBop”, "Where’s the Love" e "Save Me”.


SERVIÇO

PORTO ALEGRE

Data: 11 de outubro (terça-feira)

Local: Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 - 71 – Jd.Europa)

Horário: 21h

Classificação: Livre

Pré-venda Fã-Clube: De 06 de fevereiro às 10h a 09 de fevereiro às 22h

*A pré-venda será apenas online e com validação por código

Abertura de venda geral: 10 de fevereiro às 10h

Ingressos Online: https://uhuu.com

Ponto de venda físico: Bilheteria do Teatro do Bourbon Country (de segunda a sábado, das 13h às 21h, e domingos e feriados, das 14h às 20h)


  

CURITIBA

Data: 12 de outubro (quarta-feira)

Local: Live Curitiba (Rua Itajubá, 143 - Novo Mundo)

Horário: 21h

Classificação: Livre

Pré-venda Fã-Clube: De 06 de fevereiro às 10h a 09 de fevereiro às 22h

*A pré-venda será apenas online e com validação por código

Abertura de venda geral: 10 de fevereiro às 10h

Ingressos Online: https://uhuu.com

 


RIBEIRÃO PRETO

Data: 14 de outubro (sexta-feira)

Local: Arena Eurobike (Rua Edgar Rodrigues ,373 - Ribeirão Preto)

Horário: 20h

Censura: 16 anos

Venda: Arena Eurobike, das 8h às 18h 

Venda online: www.ticket360.com.br   


 

SÃO PAULO:

Data: 15 de outubro (sábado)

Local: Espaço das América (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda)

Site: http://www.espacodasamericas.com.br

Portas: 19h

Show Hanson: 21h

Classificação etária: 16 (dezesseis) anos desacompanhados. Menores de 16 (dezesseis) anos poderão comparecer ao evento desde que acompanhados dos pais e/ou responsáveis legais. Informação sujeita à alteração, conforme decisão judicial.”

Pré-Venda para o fã-clube a partir das 10:00 horas do dia 06/02/22 até as 22:00 do dia 09/02/22 .

Venda limitada a 4 (quatro) ingressos por CPF.

Ingressos a venda a partir das 10:00 do dia 10/02/22 – Ingressos Parcelados em até 3X sem juros

Na internet: www.ticket360.com.br/hanson

Postos de venda: Confira no link qual o ponto de venda mais próximo : https://www.ticket360.com.br/ponto-de-venda


 

UBERLÂNDIA:

Data: 16 de outubro (domingo)

Local: Arena Sabiazinho (Av.: Anselmo Alves dos Santos, 3351 – Uberlândia)

Horário: 20h

Censura: 16 anos

Venda online: www.ticket360.com.br

Venda física: Loja Center Shopping (Av.: João Naves de Ávila, 1331)


 

BRASÍLIA

Data: 19 de outubro (quarta-feira)

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães (SDC – Brasília)

Horário: 20h

Censura: 16 anos

Venda online: www.ticket360.com.br 

 


RIO DE JANEIRO

Data: 21 de Outubro (sexta-feira)

Local: Qualistage (Av.: Ayrton Senna, 3.000 – Barra da Tijuca – RJ)

Site: https://qualistage.com.br

Portas: 20h

Show Hanson: 22h

Classificação Etária: “Classificação etária: 16 (dezesseis) anos desacompanhados. Menores de 16 (dezesseis) anos poderão comparecer ao evento desde que acompanhados dos pais e/ou responsáveis legais. Informação sujeita à alteração, conforme decisão judicial.

Pré-Venda para o fã-clube a partir das 10:00 horas do dia 06/02/22 até as 22:00 do dia 09/02/22 .

Venda limitada a 4 (quatro) ingressos por CPF.

Ingressos a venda on-line a partir das 10:00 do 10/02/22 e das11:00 nas bilheterias do Qualistage – Ingressos Parcelados em até 10X sem juros em compras pela internet e em até 6X sem juros em compras na bilheteria do Qualistage. 

Na internet: https://qualistage.com.br/evento/16/hanson

Postos de venda: Confira no link qual o ponto de venda mais próximo: https://help.eventim.com.br/hc/pt-br/articles/4413851605015


Realização: Mercury Concerts


Agradecimento: Catto Comunicação

Sinaya: Assista agora o playthrough de “Afterlife” da guitarrista Helena Nagagata

Foto: Divulgação


A Sinaya acaba de disponibilizar um vídeo playthrough de Helena Nagagata tocando os riffs de “Afterlife” em primeira mão. A guitarrista conta com o patrocínio das marcas: NIG Strings, GNI Pedals e Palhetas Rafive.

Confira o playthrough completo no Canal da banda no YouTube:


O novo álbum da Sinaya está previsto para 2022, e o trabalho foi produzido, mixado e masterizado no Estúdio Fusão, por Thiago Bianchi (Noturnall, ex-Shaman), que já trabalhou ao lado de grandes nomes do metal nacional e internacional, como Mike Portnoy, James Labrie, Aquiles Priester e Edu Falaschi.

Confira o último vídeo clipe da banda que foi lançado em Outubro de 2021 e conta com a participação de CJ McMahon, vocalista da gigante banda de Deathcore Thy Art is Murder:


A formação da Sinaya traz Mylena Mônaco (vocal), Helena Nagagata (guitarra), Amanda Melo (baixo) e Amanda Imamura (bateria). 


Siga a Sinaya em seus canais oficiais:

www.instagram.com/sinayaofficial/

www.facebook.com/sinayaofficial

www.instagram.com/sinayaofficial/

www.youtube.com/c/SinayaOfficial

www.twitter.com/SinayaOfficial

www.sinayaofficial.com


Agradecimento: Lanciare Comunicação

Mood Inc faz distopia brasileira no clipe animado "Future Country"

Foto: Divulgação

Faixa vai do rock ao samba com letra atual



Banda de Sorocaba, a Mood Inc explora a distopia do Brasil contemporâneo em “Future Country”, um single que une rock alternativo com batidas de samba e pitadas de punk. A faixa surge da necessidade de expressar o espanto e a frustração com o retrocesso do país e da humanidade nos últimos anos em assuntos que pareciam já assimilados por todos - teorias conspiratórias, negacionismo, perseguições raciais, degradação ambiental e o consumismo desenfreado, por exemplo. A faixa está disponível em todos os serviços de streaming e no canal do YouTube da banda.

Assista ao clipe “Future Country”: 


Ouça “Future Country”: https://smarturl.it/MoodIncFutureCountry


Formado em 2018,  o quarteto conta com Denis Freitas nos vocais e guitarra, Tony Salga na guitarra, Laranja Gazzoli na bateria e Ande Manrique no baixo. A Mood Inc explora influências de rock alternativo, punk e pós-punk. Após o single “Worry of Tomorrow”, eles preparam próximos passos enquanto refletem a vida atual.

‘Future Country’ tem como assunto o futuro, seja ele um futuro que está por vir, mas que ‘nunca chega’, ou o futuro que nada mais é do que o agora.  A sociedade atual, tida como mais avançada, tecnológica, ainda se prende a valores ultrapassados e, muitas vezes, de caráter duvidoso”, conta o compositor Denis Freitas.

A música foi gravada no estúdio Mofo de Ouro com produção de Tony Salga, que mixou e masterizou ao lado de  Rodrigo Ricardo Rodrigues. A animação e edição do vídeo foi feita por PeuTools. “Future Country” está disponível em todas as plataformas de música digital.


Agradecimento: Build Up Media

mevoi reflete sobre a ideia de normalidade com ironia e psicodelia

Foto: Dvulgação / Fernando Perecin


Após a estreia do mevoi com a música e o videoclipe de ‘Serguei’, o artista e pesquisador Ciro Lubliner apresenta ‘Velho Normal’ como o segundo single - também com clipe - do seu novo projeto de art rock.

Diferente da primeira composição, mas em sintonia direta com o conceito de arte expansiva da banda, ‘Velho Normal’ possui uma estética mais psicodélica, que flerta com a música alternativa por meio de synths e programações, além de um baixo acentuado, marcante como em canções de country music.

Ouça aqui: https://tratore.ffm.to/velhonormal.


‘Velho Normal’ chega às plataformas de streaming por meio do selo Abbey Roça junto a um clipe em animações em 3D, intercaladas com cenas reais do artista.

Assista ao videoclipe: 


A letra traz um contexto de pandemia a partir de um tema que é atemporal. ‘Velho Normal’, de forma poética e leve, até mesmo usando da ironia, rejeita a ideia de normalidade.

Nesta faixa, a penúltima antes do lançamento do EP, agendado para fevereiro deste ano, Ciro provoca e critica a incessante tentativa das pessoas em normalizar os absurdos do humano como uma forma de amenizar situações e aflições.


O álbum:

O mevoi nasceu com “Serguei”, lançada em dezembro de 2021 (ouça aqui) e continua em 2022 com novos singles, até chegar o álbum.

Algumas músicas destacam uma veia mais psicodélica, como a 'Velho Normal', enquanto outras apostam na introspecção e reverberam um cativante art rock.

O disco, já intitulado “Seja lá o que isso Seja”, acontece no próximo mês de fevereiro, mas um outro single aparecerá antes!


Sobre Ciro Lubliner:

Ciro Lubliner é músico, pesquisador e tradutor e tem trabalhos no campo do cinema, onde participou da realização de curtas-metragens de ficção e documentários.

Na música, a jornada começou em 2006 com a banda Canções para um mundo sem Humanos, formada na cidade de São Carlos (interior de São Paulo) e que durou até 2008. Era um power trio, com Ciro (guitarra/voz), Hiro Ishikawa (bateria/teclado/voz) e Marcos Pio (baixo/voz). A banda lançou dois singles, “Let's Take a Walk” e “The Clown's Howl”, além do EP “canções”, com cinco faixas.

Em seguida, a partir de 2010, Ciro formou e entrou como guitarrista e vocalista na banda de rock alternativo Ladies & Gentleman, um quarteto que era completado por Gabriel Nanbu (guitarra e vocal), Caio Kenji (baixo) e João Paulo Paixão (bateria e vocais).

A Ladies, com letras em inglês, trazia na sonoridade os ecos do punk e de bandas alternativas dos 90, além de garageiras sessentistas. Nos arranjos, riffs pesados, solos grudentos, vocais estranhos, baixo-distorção, guitarras gentis.

O primeiro EP do Ladies & Gentleman, “Here They Are…”, foi gravado ao vivo no Z7Studio, de Tadeu Martinez, e lançado na internet em 2011. No início de 2013 foi lançado o segundo EP, intitulado “Silence, and Scents, and Sins”.

Já em 2015, com Hiro Ishikawa na bateria, o mesmo Hiro que está ao lado de Ciro no mevoi, o Ladies & Gentleman lançou seu último EP, “lost is all we are”, gravado no Estúdio Lamparina, produzido por Guto Gonzalez e que conta com a participação de Luciana Crepaldi (vocal).


mevoi nas redes sociais:

www.instagram.com/cirolubliner.mevoi

https://linktr.ee/cirolubliner


Agradecimento: Tedesco Comunicação e Midia

Terno Rei apresenta a inédita "Dias da Juventude"

Foto: Fernando Mendes


A banda paulistana Terno Rei lança nesta terça-feira "Dias da Juventude", canção que abre seu quarto álbum de estúdio e que sucede o aclamado Violeta de 2019. Com lançamento pelo selo Balaclava Records, a faixa já se encontra disponível em todas as plataformas digitais e traz um lado mais pop do quarteto.

Assista aqui:


"Foi uma das últimas músicas a serem compostas para esse disco. Surgiu já numa segunda fase de produção e, por consequência, o conceito do álbum já estava muito nas nossas cabeças, veio de forma bem natural", comenta Ale Sater, vocalista da banda. Com melodia grudenta e guitarras que remetem ao final dos anos 1990 e início dos 2000, a música "transmite sentimento de nostalgia, amizade, vontade de voltar ao passado e lembranças", acrescenta Ale.

O novo álbum do grupo foi gravado em Curitiba no Nico's Studio, com mixagem e masterização por Nico Braganholo, produzido por Amadeus De Marchi, Gustavo Schirmer e Janluska.

O single vem acompanhado de um videoclipe produzido pela Paranoid, com direção de Lucas Stegmann, que comenta sobre a concepção do filme: "A vontade de fazer um vídeo com uma galera mais nova veio até antes da música. Eu já queria trabalhar com jovens não-atores, adolescentes, e quando fui apresentado pela banda à temática da música, fez todo o sentido esse trabalho ser dedicado a isso. Gosto muito do "Suburbs" do Spike Jonze, o filme "Kids", a série "We Are Who We Are", que serviram como referências para nosso ponto de partida no clipe."

Sobre sua relação com a canção e a narrativa do clipe: "Escrevendo o roteiro, me lembrei muito dos meus dias de moleque no bairro de Interlagos, onde cresci, e foi onde fizemos algumas das cenas de locação para captar essa essência de ir transitando entre as casas de amigos, dando rolês, período de auto descoberta, e isso tudo traz saudade. O Greg (integrante do Terno Rei) anda de skate com essa turma do clipe e, na minha opinião, são eles que 'fazem' o filme acontecer. Cada um trouxe uma personalidade forte individualmente, mas funcionaram muito bem em grupo. A ideia era retratar uma última noite de diversão de um jovem que está prestes a se mudar, entrando em uma nova fase da vida."

Terno Rei é formada por Ale Sater, Bruno Paschoal, Greg Maya e Luis Cardoso. O grupo prepara sua turnê de lançamento do novo trabalho e é atração confirmada em 25 de março na programação do festival Lollapalooza Brasil.


Agradecimento: Catto Comunicação / ForMusic

Cosmic Rover: segundo álbum do power trio surpreende a mídia

Foto: Guto Portugal

O power trio paulistano Cosmic Rover, formado por Edson Graseffi (vocal e bateria, Motorhammer e ex-Panzer), Xande Saraiva (guitarra, Baranga) e Rodrigo Felix (baixo) vem surpreendendo a mídia com "HEAVY", sucessor do álbum de estreia, "Spitting Fire" (2019). "Estamos muito contentes com a resposta da mídia e público ao nosso novo álbum. Eu sempre apostei em uma sonoridade verdadeira, sem artifícios de estúdio e mil edições no pro tools. Acredito que essa sonoridade orgânica do 'HEAVY', aliada com as composições, sejam responsáveis pela resposta tão positiva", comentou o vocalista e baterista Edson Graseffi.

Ouça "HEAVY", produzido por Henrique Baboom Canale e que está disponível nas plataformas de streaming pelo selo Abraxas:



Confira o que a mídia vem comentando acerca de "HEAVY":

"Selvagem como o ronco de um muscle car, o Cosmic Rover derrama um blend flamejante e lisérgico de stoner, heavy e rock. Respingando ares de Sabbath e Motörhead, 'HEAVY' é direto e old school. É som para rockers com alma de bandoleiro" - Leandro Nogueira Coppi (Roadie Crew) 

"O álbum literalmente me levou ao Heavy Rock dos anos 70, mixado com toda a vibe e adrenalina dos anos 80 nos, em pleno século 21! Excelente Power Trio!" - Walcir Chalas (Woodstock Discos) 

"Autêntico e robusto! Em sua mais nova e pesada obra, o Cosmic Rover traz uma fórmula mais quente e orgânica, caminhando livremente em suas influências do Hard n' Heavy" - Leandro Isoppo (Alma Hard) 

"Um agradável mix de heavy tradicional old school com hard rock mais 'badass' que podemos imaginar. Sem dúvidas, é uma injeção de adrenalina com muito groove e peso" - Gustavo Queiroz (Detector de Metal) 

"Power trio poderoso com grandes doses de heavy metal, stoner, southern e hard com o espírito dos anos 70!" - Renato Menez (Stay Rock Brazil) 

"Se você é qualquer tipo de fã de stoner rock e metal, Cosmic Rover é a banda com magnetismo entre os músicos, groove, a vibe altíssima. Tomados como tal, os caras da Cosmic Rover são os mestres em seu ofício. Dão o recado com profissionalismo e perfeição" - Isaura La Cour (Metal Messiah Radio USA) 

"Depois do ótimo Spitting Fire, o Cosmic Rover chega com Heavy, onde encontramos uma sonoridade poderosa: o rock em seu estado mais puro. Uma viagem no tempo, que nos lança na época em que ouvíamos os antigos álbuns de rock pesado. A nova formação mostra a banda em sua melhor forma. Vida longa ao Cosmic Rover!" - Gegê Andrade (Revista Freak)

"Pela pegada e pelo som encorpado que sai dos alto-falantes, a impressão que se tem é que 'HEAVY' foi gravado na década de 70 e só agora foi lançado... E não soa datado! Além disso, é viciante como os álbuns de 50 anos atrás!" - Julio Marcondes (Rádio Shock Box) 

"‘Heavy’ chuta a porta de 2022 com musicalidade e peso dos grandes trios do Rock" - Claudio Borges (Canal Resenhando) 

"Gosta de rock bem feito? Com sangue nos "zóio"? Daquele que você acha que foi feito por banda gringa? Então prestigie essa banda porque não vai se arrepender. Som de macho, sem nutellice. Simples assim" - Paulinho Heavy (Programa RMH) 

"Uma das bandas mais interessantes da cena atual... 'HEAVY' é um álbum sensacional" - Metaljukebox (Portugal) 

"É grandioso, com produção primorosa, vai agradar os fãs de Heavy Metal, Stoner, Southern e Hard Rock" - Nerdbanger

"O novo álbum do Cosmic Rover traz um som 'old school' da melhor qualidade. Impossível não voltar aos anos 70 e às raízes do rock inglês e americano!" - Marcelo Stefanoni (Dark Radio) 

"É um registro tão legal que até parece que dura menos que 29 minutos..." - Um Metal por dia 

"Agressivo e pesado, este trampo encerra 2021 com chave de ouro, Ouça!" - Violent Noise Blog 

"Um disco que você ouve diversas vezes, um disco que não enjoa...." - Canal João Messias Jr.


Cosmic Rover:

Edson Graseffi (vocal e bateria)

Xande Saraiva (guitarra)

Rodrigo Felix (baixo)


Discografia:

"Cosmic Rover" (EP, 2018)

"Cosmic Sessions..." (ao vivo, 2018)

"Spitting Fire" (CD, 2019)

"HEAVY" (CD, 2021)


Confira "HEAVY" nas plataformas de streaming em https://onerpm.link/CosmicRover_Heavy


Ouça no Spotify:

https://open.spotify.com/album/6oSYYfdUJe5D3qFXkP1Ljj?si=dW2pHlwGTQG0LLzaRJLaKw


Contatos:

Instagram: @cosmicrover

Facebook: facebook.com/cosmicrovermusic/

BandCamp: https://cosmicrover.bandcamp.com/releases

YouTube: https://tinyurl.com/syaxrsnr

E-mail: cosmicrover.band@gmail.com


Agradecimento: ASE Music

eFestival Instrumental, “O palco mais digital da música”, abre as inscrições para a edição 2022

Foto: Divulgação


Foram mais de 8 mil inscritos de todo o país na edição de 20 anos do eFestival, em 2021. Mas quem perdeu a edição passada já pode se inscrever neste ano. Uma das plataformas precursoras na valorização da cultura e no estímulo a novos talentos, o eFestival Instrumental é uma realização da Dançar Marketing, que há 40 anos atua como a mais consistente empresa de marketing cultural do Brasil, e conta com a SulAmérica como patrocinadora máster do projeto. 

Neste ano, o concurso terá novamente as três categorias – público geral, profissionais da saúde e corretores de seguros, sendo que, para as duas últimas, é obrigatória a apresentação do registro de atividade ativo (CRM, Susep, entre outros) no momento da inscrição. Os artistas têm entre os dias 17 de janeiro a 7 de maio para acessarem o site www.efestival.com.br, conhecerem o projeto, o tutorial com o passo a passo de como se inscreverem, checarem o regulamento detalhado e, claro, efetivarem suas inscrições. 

O eFestival Instrumental acontece ao longo de 8 meses, divididos em 4 etapas, sendo a primeira relacionada às inscrições, a segunda à análise curatorial, a terceira à votação popular e, por último, à premiação. Idealizado e realizado pela Dançar Marketing, o eFestival Instrumental é apresentado pelo Ministério do Turismo, através da Secretaria Especial da Cultura. 


Sobre a SulAmérica:

A SulAmérica é uma companhia de 126 anos que se dedica a entregar Saúde Integral para seus mais de 7 milhões de clientes por meio de produtos e serviços de Saúde, Odonto, Vida, Previdência e Investimentos. A companhia tem como missão melhorar a vida das pessoas, oferecendo apoio, segurança e autonomia em cada momento e decisão de saúde física, emocional e financeira. Para isso, conta com mais de 4 mil colaboradores engajados e comprometidos, além de uma rede de distribuição com milhares de corretores de seguros em todo o Brasil.

Como parte de suas ações de sustentabilidade, a companhia apoia iniciativas culturais e esportivas em todo o país há muitos anos, quase durante todos os seus 126 anos de existência. Por meio do programa Circuito SulAmérica Música e Movimento, a companhia aportou, apenas em 2020, mais de R$ 16 milhões em projetos por meio da Lei de Incentivo à Cultura, sendo a seguradora que mais investiu em cultura no ano passado. A SulAmérica já patrocinou espetáculos que foram sucesso em todo o país, como Tim Maia - Vale Tudo, As Noviças Rebeldes, Cazuza - Pro Dia Nascer Feliz, Palavra Cantada, Turma da Mônica - O Show e muitos outros. Por mais de duas décadas, patrocinou o projeto Aquarius, da Orquestra Sinfônica Brasileira, e patrocina a Orquestra Ouro Preto e sua Academia, uma iniciativa que forma e dá bolsas a jovens músicos.

Para mais informações, acesse www.sulamerica.com.br


Sobre a Dançar Marketing:

Com uma história repleta de pioneirismo, a Dançar Marketing movimenta o mercado de marketing cultural de eventos e entretenimento brasileiro há 40 anos. A agência firmou um marco importante para a democratização cultural, sendo a primeira a realizar grandes apresentações open air no país, como “Concertos de Vinólia”, o maior evento de música clássica ao ar livre já realizado no Brasil. O projeto inaugurou o Parque Ibirapuera como ponto cultural das manhãs de domingo, colocando-o como um dos principais palcos para grandes eventos em São Paulo. A relevância e sucesso do projeto conquistou também a mídia brasileira, contando com transmissões dos canais de rádio, TV Cultura e Bandeirantes.

Fundada em 1982, a partir da criação do primeiro periódico especializado em dança da América Latina – Revista Dançar –, a empresa reúne milhões de espectadores em seus incontáveis espetáculos, shows, projetos proprietários e sociais. Em seu portfólio estão grandes turnês internacionais de artistas icônicos como Andrea Bocelli, Luciano Pavarotti, José Carreras, Sarah Brightman, Kiri Te Kanawa, George Benson, Joss Stone, Diana Krall, Norah Jones, Chris Cornell, Jeff Beck, Richie Sambora entre outros. A Dançar Marketing esteve sempre à frente do mercado na concepção e na realização de projetos como HSBC Music Series, Avon Women in Concert, Criação Teatral Volkswagen, Viagem Nestlé pela Literatura, AstraZeneca Viva a Cultura!, entre outros; exposições como Riachuelo Mostra Moda e Samsung Rock Exhibition e festivais como Telefônica Open Jazz, Festival da Padroeira, eFestival e Samsung Best of Blues and Rock – o qual, nas últimas edições trouxe alguns dos maiores guitarristas do mundo, como Joe Satriani, Tom Morello e Zakk Wylde. 

Visite www.dancarmarketing.com.br e conheça os projetos.


Agradecimento: Primeira Página Assessoria de Imprensa