Rádio Big Rock

Translate

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Bratislava toca no festival Fora da Casinha, gratuito, dia 07 de outubro

Em sua terceira edição, o festival Fora da Casinha se reinventa e pela primeira vez acontecerá na rua. Produzido pela Casa do Mancha, que este ano comemora 10 anos de atividade e é referência na música independente nacional, o Fora da Casinha acontece dia 07 de outubro a partir das 13hs e abre as atividades do 110 Mês da Cultura Independente realizado pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.
Serão mais de 10 horas de música distribuídas em dois palcos montados no Largo da Batata, em Pinheiros. O Festival tem início com discotecagem da festa Sussa (Trabalho Sujo/Alexandre Matias). As atrações confirmadas são o padrinho Mauricio Pereira (que abre todas as edições do festival), o rock sessentista da Vitreaux, o frescor emo do Raça, a miscelânea sonora de Tagore, a poesia visceral de Giovani Cidreira, a lisergia colorida do Glue Trip, a força xamânica da Ema Stoned, a anarquia musical de Negro Leo, a aventura hippie de Bárbara Eugênia e Tatá Aeroplano e o show inédito reunindo as bandas Bratislava e Aloizio
A Brastislava, por sua vez, apresenta o álbum “Fogo”, que traz um parâmetro mais elevado de complexidade do experimentalismo que marca a carreira da banda.
Criar o festival já foi um processo de sair da zona de conforto, de um local onde tínhamos total controle [a Casa do Mancha], e aprender a trabalhar em outros espaços. Dessa vez damos mais um passo nesse sentido ao realizar o festival pela primeira vez na rua e gratuito. Num momento de instabilidade econômica e subvalorização da arte e cultura no país, enxergo que é nosso papel mudar as estruturas a que estamos acostumados a trabalhar e propor outros diálogos e desafios para nós mesmos. A transformação vem desse movimento”, comenta Mancha Leonel, idealizador do festival.

Fora da Casinha
O Fora da Casinha nasceu da vontade de levar o trabalho realizado na Casa do Mancha para fora dos muros do espaço na Vila Madalena que desde 2007 já recebeu mais de 1.000 artistas entre gravações, shows e produções audiovisuais. Nomes importantes do cenário nacional além de artistas internacionais passaram pela casa ao longo desses 10 anos fortalecendo ainda mais a relevância do espaço que se tornou um dos mais importantes alicerces da cena independente brasileira.

Diante dessa efervescência artística a Casa do Mancha se firmou como uma produtora de conteúdo musical e em 2015 realizou a primeira edição do Fora da Casinha no Centro Cultural Rio Verde. No ano seguinte consolidou o festival na Unibes Cultural. Para esta edição o festival entra pela primeira vez na programação do Mês da Cultura Independente e tem como foco apresentar novos nomes que estão desenvolvendo trabalhos consistentes no cenário nacional.

Serviço:

Fora da Casinha no MCI
Discotecagem festa Sussa (Alexandre Matias)
Com Mauricio Pereira, Vitreaux, Bratislava+Aloizio, Raça, Tagore, Giovani Cidreira, Bárbara Eugênia+Tatá Aeroplano, Ema Stoned, Glue Trip e Negro Leo
7 de outubro – sábado – a partir das 13 horas
Entrada gratuita
Largo da Batata – Pinheiros 






Agradecimento: Diene Guedes - Press Pass
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário