Rádio Big Rock

Translate

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Tigers Jaw faz show empolgante em São Paulo

A primeira passagem do Tigers Jaw pelo Brasil (estiveram por aqui em 2015) deixou boas lembranças entre os fãs e já alimentou expectativas para um possível retorno.  Aproveitando o lançamento do aclamado álbum ‘Spin” (quinto álbum da banda), quatro datas foram agendadas por capitais brasileiras, sendo parte da turnê sul-americana, que ainda teve países como Costa Rica, Colômbia, Chile, Peru e Argentina. 
Quando o show em São Paulo foi confirmado, já criou-se grande expectativa para essa nova visita, afinal seria no mesmo local que sediou a apresentação de 2015, com ingressos esgotados! Nesse ínterim, o Clash Club anunciou o fim de suas atividades e o show foi transferido para o Fabrique Club, que possui ótima estrutura e fica localizada praticamente ao lado do Clash.

Sábado à tarde, em meio a um feriado prolongado, e já era possível ouvir alguns burburinhos a respeito do setlist e de como seria a apresentação de Ben Walsh e Brianna Collins. Dava para ver que havia um público bem diversificado e a galera desfilava tranquilamente camisetas de bandas como Sonic Youth, Joy Division e Suicidal Tendencies, muito bacana! NavesHarris, foi a banda escolhida para abrir o evento e o fizeram com muito carisma e profissionalismo. A formação que tem em sua linha de frente o paulista Jair Naves e a americana Britt Harris, teve boa receptividade do público e agradou com suas canções mais calmas e cheias de sentimento. 


A voz angelical de Britt serviu quase como um afago aos que aguardavam a atração principal. Um providencial “Fora Temer” (Nunca é demais!), foi proferido por Britt Harris e na sequencia um “Fora Trump”, antes de emendar com “If So”. Não é preciso dizer que foram aplaudidos com grande entusiasmo. Vale ainda destacar a belíssima canção “There You Are”, que foi responsável pelo momento mais introspectivo da noite.


Findada a apresentação e, rapidamente a equipe técnica já inicia a montagem dos equipamentos da atração principal. Já dava para ver que não estávamos diante de artistas com exigências absurdas e com ego inflado. Os integrantes do Tigers Jaw, ajudavam na montagem dos equipamentos de forma muito descontraída e sem o estrelismo que impera entre muitos músicos famosos. Sem muita enrolação e pontualmente as 20:45hs abriram a apresentação com “Follows”, primeira faixa do novo trabalho - a partir daí o público que já estava eufórico não se segurou mais. Temos que deixar claro que não estamos falando de uma banda agressiva, mas não podemos deixar de frisar que exalam diversão por “todos os poros”. 


É possível ter uma ideia da felicidade dos fãs, pois os stage dives, se tornaram uma constante e foi até motivo para que Ben Walsh chamasse a atenção de um dos seguranças que tentava impedir os mergulhos. Brianna Collins, estava tão empolgada, que nem as falhas em um dos cabos de seu instrumento, foi capaz de tira-la do sério. Ficou claro que o novo álbum já é um grande sucesso entre os fãs brasileiros, pois foram executadas sete canções desse álbum, e que ainda teve a música “Window” como número de encerramento da noite. Clichês a parte, mas bandas como o Tigers Jaw, servem para provar o quando é bom ser emotivo. Que não demore a voltar!






Setlist NavesHarris:

1- True North
2- Vagabond Soul
3- Sleep
4- Immaculate Sinners
5- Lighter things
6- If So
7- There You Are
8- Em Route To Rio




Setlist Tigers Jaw:

1- Follows
2- Frame You
3- The Sun
4- June
5- Nervous Kids
6- Make It Up
7- Meet Me At The Corner
8- Chemicals
9- Test Pattern
10- Arms Acress America
11- Charmer
12- Brass Ring
13- Distress Signal
14- Guardian
15- Plane Vs Tank Vs Submarine
16- I Saw Water
17- Never Saw It Coming
18- Window 


Por: Roberio Lima
Fotos: Roberio Lima
Agradecimento pelo credenciamento: Erick Tedesco

Nenhum comentário:

Postar um comentário