Rádio Big Rock

Translate

28 de setembro de 2018

Circa Survive – Fabrique Club – São Paulo 15/09/2018

Foto: Roberio Lima

O sábado frio e com ameaça de chuva prometia uma noite quente - para os mais desinformados, essa afirmação pode soar estranha, mas pelo menos era isso que se via dentro do Fabrique Club. 
Ao adentrar o recinto, já era possível prever casa cheia para uma noite que ia se concretizando espetacular. Já era notada uma concentração significativa em frente ao palco e como veremos nas próximas linhas, raríssimo leitor, já era desenhada ali uma parte importante do que seria apresentado ao público paulista por Anthony Green e Cia.  


Foto: Roberio Lima

O Wiseman teve a incumbência de abrir o evento, e o fez com enorme entusiasmo. Os rapazes acabaram de lançar o seu debut “Mind Blown”, e estão trabalhando a todo vapor na divulgação do disquinho. A banda que tem origem na zona leste da cidade mandou um hardcore cheio de influências de som praticado nos anos oitenta e noventa. Com uma pegada mais visceral, destoou das duas próximas atrações, mas foi muito aplaudido pelo bom público que acompanhou o show da banda. A qualidade do som foi um ponto a favor dos rapazes, pois era possível ouvir de forma clara todos os instrumentos. Destaque para “Factor Floor” e uma versão de “Territorial Pissings” do Nirvana. 


Foto: Roberio Lima

O Bullet Bane foi a próxima atração a subir no palco do Fabrique Club, e com uma ´vibe´ muito similar ao da atração principal, fez com que alguns fãs mais empolgados, cantassem as músicas apresentadas com enorme emoção. Os músicos, por sua vez, estavam animados, aliás, vale registrar que o Bullet também abriu o show de 2015, quando o Circa Survive tocou no saudoso Clash Club. 

Com o fim da apresentação do Bullet Bane, já era possível perceber que a pista do Fabrique estava completamente tomada por fãs ansiosos pelo início da apresentação do Circa. O tempo foi passando e a ansiedade foi ficando ainda maior... Enquanto os paulistas aguardavam por momentos já vivenciados pelo público chileno, argentino e carioca, saía dos alto-falantes canções de Adoniran Barbosa interpretaras por Elis Regina e por ele próprio. Um anticlímax que se mostrou muito bem vindo! 


Foto: Roberio Lima

E eis que O Circa Survive finalmente assume o palco e já manda “Rites Of Investiture”, seguida por "The Difference Between Medicine And Poison Is In The Dose". Vale registrar que o carisma de Anthony Green é fora do normal! O cara interage o tempo inteiro com o público. E não se trata de um personagem incorporado no palco (antes do inicio do show, foi possível ouvir relatos referente a atenção dada pelo artista através das redes sociais aos seus seguidores). Mas voltando ao show...e tome adrenalina nos fãs enlouquecidos! Com uma discografia bem variada e tendo em cada disco uma personalidade muito particular, ver/ouvir “Child Of Desert”, “ The Great Golden Boy Baby” fez lágrimas involuntárias umedecerem as faces de marmanjos e garotas que acompanhavam cada movimento dos músicos no palco. Uma noite que permanecerá por muito tempo na memória dos que compareceram a esse grande evento! 

E já anotem na agenda, no próximo ano tem mais Anthony Green, só que dessa vez participando da turnê do Saosin. Se isso não for algo e se comemorar, não sei mais de nada....



Setlist Circa Survive: 

Rites Of Investiture
The Difference Between Medicine and Poison Is in The Dose
Wish Resign
Tunnel Vision
Child Of The Desert 
Get Out 
In Fear and Faith
The Great Golden Baby 
Lustration 
At Night it Gets Worse 
Living Together 
Act Appalled
Dyed in The Wool 
I Felt Free

Encore:
Descensus 




Por: Roberio Lima

Agradecimento pelo credenciamento: Erick Tedesco - Powerline

Nenhum comentário:

Postar um comentário