Rádio Big Rock

Translate

26 de novembro de 2018

Solid Rock - Judas Priest, Alice In Chains e Black Star Riders – Allianz Parque – 10/11/2018

Foto: BULLINO.INC

A arena multiuso Allianz Parque, é um local acostumado a grandes eventos. Inúmeras atrações nacionais e internacionais já passaram pelo imponente estádio, localizado na região da Barra Funda, em São Paulo. O reduto alviverde de muitas glórias, se transformou por algumas horas, no templo do metal
A segunda edição do festival Solid Rock, teve como atração principal o Judas Priest, que dispensa apresentações, e se não bastasse, Alice In Chains e Black Star Riders completaram o cast. Nem o sábado com ameaça de chuva foi suficiente para afugentar o público, que foi chegando aos poucos, e ocupando os espaços da arena. Já não é de hoje que organização e pontualidade são destaque em eventos desse porte, e isso foi perceptível durante todo o festival. O palco já estava preparado com muita antecedência para receber a primeira atração do dia. 

Foto: BULLINO.INC

O Black Star Riders, tem em sua linha de frente nomes que já cravaram sua importância na história do rock. Scott Gorham e outros membros da banda, já tocaram no Thin Lizzy. E para falar a verdade, a escolha não decepcionou, mas também não empolgou como se imaginava. O competente Ricky Warwick (vocal e guitarra), fez um enorme esforço para animar o público, mas a reação foi morna. As coisas só ficaram mais interessantes quando tocaram “Boys Are Back In Town” e “Jailbreak”, da lendária banda irlandesa. Os caras estão divulgando seu novo trabalho “Heavy Fire”, e  essa foi uma oportunidade preciosa de mostrar aos brasileiros suas novas composições . 


Foto: BULLINO.INC

Depois da morte de Layne Staley, muitos acreditavam que o Alice In Chains não continuaria na ativa. A presença do frontman era marcante, e foi na sua época que o Alice criou seus grandes clássicos. O fato é que a genialidade de Jerry Cantrell prevaleceu e felizmente a banda permanece relevante até os dias de hoje. A ansiedade desse que vos escreve e de muitos que estiveram no Allianz Parque era grande, e isso da uma ideia da importância que a banda de Seattle tem para os brasileiros. Prova disso, era a grande quantidade de fãs que estavam ali para prestigiar os americanos. William DuVall se tornou um personagem importante na história do Alice In Chains, e bastou os primeiros acordes de “Check My Brain” do álbum “Black Gives Way to Blue” (2009), para que o público sentisse a intensidade do que seria mais essa apresentação em solo brasileiro. E foram muitos clássicos como “Them Bones” e “Angry Chair”. 
Uma apresentação impecável que teve “Would?” e “Rooster” como “dobradinha” de encerramento. Impossível conter a felicidade por finalmente ver ao vivo essa formação! 

Foto: BULLINO.INC

Já a última atração da noite tem todos os requisito para tal, e sua incontestável trajetória, só corrobora a importância da banda para a história da música mundial. O Judas Priest chegou a ensaiar uma aposentadoria, e perdeu sua 'parede' clássica de guitarras, mas resolveu permanecer na ativa. As as novas gerações agradecem! 
Andy Sneap e Richie Faulkner seguram muito bem o legado deixado por K.K. Downing e Glen Tipton. A produção do palco remete ao novo disco da banda, “Firepower”, e foi exatamente essa faixa que abriu a apresentação da banda inglesa. Rob Halford mantém o vozeirão de sempre,  e seus agudos infernais, ainda provocam um frio na espinha, principalmente em clássicos como “The Ripper” e “Painkiller”. A entrada triunfal com a indefectível Harley Cc, ainda funciona, e causa uma enorme euforia entre os fãs. Houve até uma inusitada homenagem ao falecido piloto Ayrton Senna, que mais uma vez, causou grande alvoroço. 

Foto: BULLINO.INC

Para quem já viu uma apresentação do Judas Priest, sabe que a qualidade de seus shows supera qualquer expectativa, Ian Hill e Scott Travis, mantém a técnica que os consagrou e os clássicos da banda ainda são o 'grande barato' do espetáculo; ou vocês acham que os ingleses sairiam do palco ilesos, se não tocassem “Breaking The Law”  e “Living After Midnight”? 


Enquanto o Judas Priest existir, o Metal permanecerá relevante! E que venha a terceira edição do Solid Rock!



Setlist Judas Priest:

Firepower
Running Wild
Grinder
Sinner
The Ripper
Lightning Strike
Desert Plains
No Surrender
Turbo Lover
The Green Manalishi (With the Two Prong Crown) (Fleetwood Mac)
Night Comes Down
Rising From Ruins
Freewheel Burning
You've Got Another Thing Comin'
Hell Bent for Leather
Painkiller

Encore:
Electric Eye
Breaking the Law
Living After Midnight



Setlist Alice In Chains:

Check My Brain
Again
Never Fade
Them Bones
Dam That River
Hollow
Down in a Hole
No Excuses
We Die Young
Stone
Angry Chair
Man in the Box
The One You Know
Would?
Rooster



Setlist Black Star Riders:

All Hell Breaks Loose
Jailbreak (Thin Lizzy)
Finest Hour
Heavy Fire
The Killer Instinct
Before the War
When the Night Comes In
The Boys Are Back in Town (Thin Lizzy)
Kingdom of the Lost
Bound for Glory



Por: Roberio Lima

Agradecimento pelo credenciamento: T4F

Fotos gentilmente cedidas por: Marcos Cesar - site A Ilha do Metal

Nenhum comentário:

Postar um comentário