Dicas

Translate

2 de julho de 2019

Rock ´N Roll com a Orquestra Petrobrás Sinfônica: Bohemian Rhapsody

Foto: Bullino.Inc

Eu adoro cinebiografias e achava que já era hora de fazerem uma sobre o Queen. Além de todos os elogios que o filme merece, parece que seu sucesso reavivou uma das maiores bandas de todos os tempos. Me lembro de ouvir com a minha mãe quando era criança (tenho uma memória muito afetiva em relação ao Queen e, especialmente, ao Freddie por causa dela) e dizer recorrentemente: “que pena que a gente não vê muita gente ouvindo Queen, né, mãe?
Eu sei que é uma banda muito querida do público em geral, mas eu tenho a impressão (desculpem-me se estiver errada) de que não estava sendo tão ouvida nos últimos anos. Depois do filme, percebo que mais pessoas ouvem em seus carros, em seus fones, crianças estão se fantasiando de Freddie Mercury para as festas, isto é, o assunto está mais em voga. Ótimo para mim! E ótimo para todo mundo, porque Queen é impecável! E é nesse cenário que a Orquestra Petrobrás Sinfônica, sob a regência do maestro Felipe Prazeres, apresentou no último sábado, dia 29 de junho, os grandes sucessos do Queen, no Allianz Park Hall.

Foto: Bullino.Inc

Dando sequência à série Albuns, a orquestra, que já apresentou The Dark Side of the Moon, do Pink Floyd, Thriller, do Michael Jackson e Ventura, dos Los Hermanos, trouxe, em 2019, a trilha sonora do filme Bohemian Rhapsody e The Black Album, do Metallica (no dia 30 de junho - em breve resenha).
De "Another One Bites the Dust", que abriu o espetáculo, passando por "Don´t Stop me Know", "We Will Rock You", "We Are The Champions", "Love of my Life", "Keep Yourself Alive", "Somebody to Love" e, obviamente, a obra-prima que dá título ao filme e ao concerto, foram duas deliciosas horas de show (eu sei que se diz espetáculo ou concerto, mas ali a vibe era de show mesmo) sob a batuta do animado maestro. 

Foi muito bom desfrutar dos solos transpostos para o violino, violoncelo e trompa. A orquestra estava realmente se divertindo com o setlist e a com a energia do público. Era nítido que ninguém ali queria ir embora. Felipe Prazeres soube integrar platéia com a orquestra, permitindo que, ao final, ainda pudéssemos escolher quatro músicas no encore que já haviam sido tocadas. As vencedoras foram: "Bohemian Rhapsody", "Crazy Little Thing Called Love", "I Want to Break Free" e "Radio Gaga". 

No final do show, uma voz soou na plateia: “Toca tudo de novo!”. Olha... eu concordei.

Foto: Bullino.Inc




Setlist:

Another One Bites the Dust
Now I’m here
Don´t Stop Me Now
Radio Gaga
Under Pressure
Keep Yourself Alive
Who Wants to Live Forever
Crazy Little Thing Called Love
Bohemian Rhapsody
I Want to Break Free
Love of my Life
The Show Must Go On
Somebody to Love
We Will Rock You
We are the Champions

Encore:
Bohemian Rhapsody
Crazy Little Thing Called Love
I Want to Break Free
Radio Gaga


Por: Marcela Monteiro

Agradecimento pelo credenciamento: Costábile Salzano Jr. - TAGA Comunicação

Fotos gentilmente cedidas por: Bullino.Inc

Nenhum comentário:

Postar um comentário