Rádio Big Rock

Translate

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Há 28 anos perdíamos o "Maluco Beleza" Raul Seixas

Um dos grandes nomes da música brasileira morria há 28 anos, em São Paulo, em 1989.
Raul Seixas morreu vítima de um ataque cardíaco, resultado do seu alcoolismo, agravado pelo fato de ser diabético e por não ter tomado insulina na noite anterior, o que provocou uma pancreatite aguda fulminante.  
Nascido em Salvador, no dia 28 de junho de 1945, ele iniciou sua carreira musical em 1962, época em que a bossa nova estava em alta. Contudo, ele preferiu seguir a linha de sua influência rock and roll, associada a elementos da música nordestina como o baião, xaxado e música brega. Quando adolescente, Raul chegou a fundar um fã-clube brasileiro do cantor Elvis Presley. Raul produziu 21 álbuns de estúdio, ao longo de 26 anos. Entre seus parceiros musicais está o escritor Paulo Coelho. Pouco antes de sua morte, em 1988, Raul compôs, gravou e excursionou com o também baiano Marcelo Nova, vocalista da banda punk Camisa de Vênus. Seu último LP, A Panela do Diabo, foi lançado dois dias antes de sua morte. Curiosamente, depois disso, Raul passou a ser mais venerado do que nunca e seus trabalhos póstumos foram todos sucessos de vendas. Até hoje é comum escutar o pessoal gritando "toca Raul" ao pedir música para bandas em bares e festas.

Resultado de imagem para raul seixas

Foto: Divulgação / Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário