Rádio Big Rock

Translate

2 de maio de 2018

Glenn Hughes incendeia público em São Paulo


Mais um sábado de noite fria, como serão outros sábados desse outono incerto. No entanto,  as mais diversas rotinas continuam se arrastando como não poderia deixar de ser. Para quebrar essa monotonia quase esmagadora, o jeito é aproveitar como puder , e a opção nesse caso, foi rumar para o Tropical Butantã, onde Glenn Hughes se apresentou com o show de sua atual turnê, com o sugestivo nome de "Perform Classic Deep Purple Live", onde apresentaria para o público, somente músicas do Purple.

Foto: Marcos Cesar (Bullino.Inc)

As proximidades do Metrô e da casa de show, já estavam ocupadas por fãs que chegaram cedo, afim de tomar umas "geladas" e rever os amigos. Além disso, o clima nostálgico era evidente com a presença de uma enorme quantidade de senhoras e senhores uniformizados com camisas do Deep Puple e de outras bandas contemporâneas. No horário marcado para o inicio da apresentação, 19h30, iniciou um medley dos maiores clássicos do Deep Purple, para que logo na sequência, 'A Voz' e sua banda afiadíssima entrasse no palco, para de cara mandar "Stormbriger", e já deixar o público sem folego. A última apresentação do musico, que presenciei, foi sua participação no longínquo festival Philips Monsters Of Rock, no ano de 1998. De lá para cá, é inegável que o tempo foi extremamente favorável ao musico. Sua cordas vocais estão afiadas e continua extraindo de seu baixo a pulsação necessária para a condução de pérolas como "Mistreated" e "You Fool No On". Quando relembrou o relegado e não menos clássico disco "Come Taste The Band" , foi difícil segurar o nó na garganta, principalmente quando executou "This Time Around" e a inebriante "You Keep On Moving".

Foto: Marcos Cesar (Bullino.Inc)

Para tirar de cogitação um possível clima previsível, Glenn Hughes mandou "Smoke On The Water" e "Highway Star", o que poderia gerar questionamento de alguns, foi festejado pelo esmagadora maioria que testemunhava boquiaberta facilidade que Glenn tem em alcançar as notas mais absurdas, algo totalmente impensável para um reles mortal. "The Voice Of Rock" (A Voz do Rock), não tem esse nome por acaso, e é difícil acreditar que aquele homem é de carne e osso. O cara já passou por formações que enchem o olhos e habitam a imaginação de uma legião de admiradores. Passar por Black Sabbath, Deep Purple e Trapeze e até formações mais recentes como Black Country Communion e California Breed, não é coisa de um mero mortal.

Foto: Marcos Cesar (Bullino.Inc)

Como havia mencionado no início desse relato, a banda que acompanhou Glenn Hughes nessa turnê, é um capítulo a parte, e teve como ponto alto a performance monstruosa do Chileno - Fer Escobeto. O rapaz fez malabarismo em seu kit e foi ovacionado pelo público e pelo próprio Glenn, que, a certa altura da apresentação, mencionou a importância de não desistir de seus sonhos.  Aliás, Glenn Hughes não cansava de fazer declarações de amor ao público e ao planeta. Enfim , como já era possível imaginar, o show foi histórico e Glenn já deixou a pista de que poderá voltar no próximo ano. Se isso acontecer, ninguém irá reclamar!

Foto: Marcos Cesar (Bullino.Inc)


Setlist:

Stormbringer
Might Just Take You Life
Sail Away
Mistreated
You Fool No One
This Time Around
Holy Man
Getting´Tighter
Smoke on The Water/Georgia on My Mind
You Keep on Moving
Highway Star
Burn



Por: Roberio Lima
Agradecimento pelo credenciamento: Márllon Matos - Lex Metalis Assessoria / EV7

Nenhum comentário:

Postar um comentário