Rádio Big Rock

Translate

3 de abril de 2019

Ektomorf e Lacerated And Carbonized – Sesc Pompéia - São Paulo 08/02/2019

Foto: Roberio Lima

Diretamente da Hungria, para uma tour inédita por esses lados. O Ektomorf debutou com estilo por terras brasileiras. Com um giro de três datas marcadas no país, a oportunidade foi muito bem recebida principalmente pelo público paulista e carioca. São Paulo, Rio de Janeiro e São José dos Campos foram as cidades contempladas com as apresentações.


Foto: Roberio Lima

O Lacered And Carbonized foi o responsável pela abertura em São Paulo e o local escolhido para o evento foi a comedoria do Sesc Pompéia. O Death metal brutal dos cariocas, caiu como uma luva aos ouvidos atentos do público, que em sua maioria, já seguiam a banda. O L.A.C. mandou um show reto e sem firulas, e vale ressaltar que os rapazes foram bastante aplaudidos. No total foram quatorze canções executadas, entre elas; “Bangú 3” e “Seeds Of Hate”, que tiveram a força de uma tijolada na cabeça do público. 

Com o intervalo para os inevitáveis ajustes no equipamento, alguns aproveitaram para “calibrar” as ideias com algumas doses do tradicional “suco de cevada”. 
Zoltan Farkas (guitarra e vocal), por sua vez, já desde o momento em que o acesso ao local foi liberado, atendia aos fãs, seja tirando fotos, dando autógrafos ou até mesmo em um bate papo com os seguidores da banda. Uma oportunidade que o artista húngaro sabia que não deveria ser desperdiçada. 
A influência de Soufly e do Sepultura no som do Ektomorf é explícita. Vale lembrar que alguns discos da banda, foram lançados por aqui, e como tivemos a oportunidade de conferir, serviram (e muito), para que seu som ficasse bem conhecido entre os fãs brasileiros. 


Foto: Roberio Lima

Como mencionado anteriormente, essa seria uma grande oportunidade para que os Húngaros mostrassem seu poder de fogo. Coisa que os festivais europeus já conhecem muito bem. Por isso, o setlist teve nada menos que dezenove músicas. Enquanto Farkas fazia o público agitar (Jump! Jump! Jump!). O mais novo trabalho teve papel de destaque no setlist, e praticamente foi tocado na íntegra. Na verdade, ficou de fora apenas “Skin Them Alive”. 
Depois de uma primeira parte dedicada exclusivamente ao novo álbum “Fury” (2018), os clássicos vieram em forma de “I Known Them” e “I Choke“ a pista da comedoria do Sesc Pompéia parecia uma cama elástica gigante, pois bastava o menor comando do frontman para que todos pulassem extasiados. O fim da apresentação foi decretado com “Ambush In The Night” e “Aggressor”. 

A partir daí, para os que dependem do transporte público, não havia outra escolha, a não ser correr para não dormir na rua. Definitivamente o Ektomorf deixará ótimas lembranças na memória dos que estiveram no Sesc Pompéia. Vamos torcer para que não demorem a voltar!


Setlist Ektomorf: 

The Prophet Of Doom 
AK 47
Fury
Faith and Strength
Bullet in Your Head 
Tears Of Christ
Infernal Warfare 
Blood for Blood 
If You Are Willing to Die 
Eternal Mayhem 
Holocaust 
I Known Them 
Evil By Nature
Black Flag 
Gypsy / Show Your Fist
I Choke 
Outcast 
Ambush In The Night 
Aggressor 


Setlist Lacereted And Carbonized:

L.A.C. 
Third World Slavery
Awake The Thirst
Spawned In Rage
Narcohell 
Bangú 3 
Ódio e Caos 
Blooddown
Severed Nation 
Seeds Of Hate 
Decree Of Violence 
Hell de Janeiro 
System Torn Apart
Mundane Curse


Por: Roberio Lima

Agradecimento pelo credenciamento: Sesc Pompéia

Nenhum comentário:

Postar um comentário