Rádio Big Rock

Translate

19 de maio de 2018

Sanctifier: vocalista do Headhunter D.C. conta como participou do novo álbum


Foto: Divulgação


Sanctifier é uma das bandas veteranas de death metal no Brasil. Atuante na cena desde 1989 o quarteto acumula em sua discografia várias demos, um álbum ao vivo, coletânea e três CDs oficiais, o último deles, “Lone Wolf Syndicate”, lançado em 2018 pelo selo Rising Records, contou com participações de Ivan Fábio do Silent Empire, SuzaneHecate” do Miasthenia, ArmandoBeelzebuth” e DiegoDourden” do Mystifier. A “confraria do mal” se completa com SérgioBallof”, vocalista do Headhunter D.C. e amigo de longa data da banda.

Ouvi a banda pela primeira vez em 1993, apresentada pelo nosso ex-guitarrista José Paulo”, relembra Sérgio. “Ele queria que eu ouvisse a demo de uma banda que, na época, fez ‘open act’ para o Headhunter D.C. em Natal/RN. Não pude ir a esse show, então o próprio Zé Paulo fez os vocais. A ênfase em suas palavras e o seu entusiasmo ao se referir à banda e ao comentar sobre seu som me chamaram atenção, algo como ‘Banda de fuder, loko! Com umas metrancas violentas, riffs mórbidos e memoráveis à la Morbid Angel e vocal carregadão!’ A banda em questão era o Sanctifier e a demo era a ‘Ad Perpetuam Rei Memoriam’. Zé Paulo estava corretíssimo no que disse e até hoje a considero como uma das cinco melhores (se não a melhor) demos de death metal já lançadas no Brasil, uma obra à frente de seu tempo”, discorre o músico.

Sobre a participação de Sérgio no novo álbum do Sanctifier, as partes em que o vocalista atuou se conferem na faixa título “Lone Wolf Syndicate”. Nela outros artistas também deram suas contribuições. “Gravamos para a faixa título... no mesmo coro estavam Diego e Ivan”, observa. Sobre o local de gravação, Ballof utilizou o próprio estúdio. “Fiz em casa mesmo, já que nessa parte da captação não necessitava de grandes recursos. Depois enviei a gravação e cuidaram da mixagem e masterização”, completa.

O convite para fazer parte das sessões partiu da própria banda, como conta o vocalista: “Cara, o convite veio do Alexandre Emerson (guitarrista), quando eles ainda nem começaram a gravar os vocais do álbum… Me senti honrado com o convite, já que temos um elo com o Sanctifier desde o início da banda. O resultado final do disco ficou muito bom mesmo, fiz até uma resenha sobre o CD com um pequeno relato de nossa história em sua fanpage, no Facebook. Todo mundo pode acessar”, finaliza.

O álbum “Lone Wolf Syndicate” está à venda no distribuidor oficial Rising Records, pelo site www.risingrecords.loja2.com.br e, em São Paulo/SP, encontra-se disponível na Galeria do Rock, nas lojas Mutilation e Die Hard.

Contato:


Assessoria

Agradecimento: Leonardo M. Brauna - Brauna Music Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário