Rádio Big Rock

Translate

17 de dezembro de 2018

Against Me! – Carioca Club – 20/10/2018


Foto: Roberio Lima

O anúncio da vinda da banda punk - Against Me! ao país, causou grande euforia entre os fãs brasileiros. Seria a primeira vez dos americanos em território nacional, e culminaria em mais dois episódios que marcariam a trajetória de sua frontgirl. O primeiro fato marcante, foi o lançamento no país, da biografia  que conta a vida de Laura Jane: “Tranny: Confissões da Anarquista Mais Vendida do Punk Rock” (editado no Brasil pela Powerline Books), e o segundo episódio, seria a estreia mundial da nova banda de Laura: Laura Jane Grace And Devouring Mothers (ver review aqui). O Against Me!, passou por três cidades no Brasil, mas falaremos obviamente do show de São Paulo, que aconteceu no Carioca Club. 

O evento começou cedo, pois além dos americanos, ainda teríamos mais três apresentações que endossaram o clima de festa, e que tomou conta da casa de show e de seus arredores. Weedra, Mau Sangue e Water Rats, foram as bandas escolhidas para abrir o evento e tiveram momentos bem interessantes. Vale ressaltar a apresentações explosiva do Water Rats, pois além de já contar com um público mais expressivo na pista do Carioca, tocaram como se o mundo fosse acabar a qualquer instante. Ao final dessa apresentação, as cortinas foram fechadas, para que o palco fosse preparado para a atração principal da noite. 

Foto: Roberio Lima


A pista do Carioca Club já estava praticamente lotada, quando as cortinas foram se abrindo lentamente, para que o show do Against Me! tivesse início. O público agitou o quanto pode quando mandaram os primeiros acordes de “True Trans Soul Rebel”, e na sequência emendaram com “White Crosses”. Conforme a empolgação da galera  aumentava, o nível de entrega dos músicos também subia, e essa “troca”, culminou em um show à parte! Quando os mais afoitos começaram a subir ao palco para o tradicional Stage dive, alguns aproveitavam para reverenciar Laura Jane, seja beijando seu braço, ou até se ajoelhando diante da vocalista. O show continuou com “White People for Peace” e “Americans Abroad”, e por ser a primeira visita ao país, a banda priorizou os clássicos de sua carreira para contemplar os fãs que estavam visivelmente extasiados com o show. O fato de Laura ser uma mulher transgênero, da ainda mais relevância a uma história permeada pela veia punk que direcionou toda a carreira do grupo. Está claro que as canções do Against Me! tiveram importância (e ainda tem!), na vida de muitos que compareceram ao Carioca Club. 

Conforme já mencionamos, a reverência à Laura Jane, não cessou nenhum minuto, e a artista retribuiu com sua arte e seu carisma incontestável. Em tempos nebulosos, onde o falso moralismo e a hipocrisia dão as cartas, um evento dessa importância, dá um fio de esperança aos que renegam, e que julgam seus pares pelas suas escolhas. Por mais Lauras Jane na arte! 

Foto: Roberio Lima



Setlist Against Me!:

True Trans Soul Rebel 
White Crosses
Haunting, Haunted, Haunts
Cliché Guevara
Rice and Bread
Borne on the FM Waves Of The Heart
White People for Peace
New Wave
Piss and Vinegar 
Americans Abroad 
Walking is Still Honest
Reinventing Axel Rose
Ache With Me 
Those Anarcho Punks Are Mysterious...
I Was a Teenage Anarchist
The Ocean 
Dead Friend 
333
Transgenfer Dysphoria Blues
Thrash Unreal 
Black Me Out

Encore:

The Best Death Metal Band In Denton (The Montain Goats cover)
Two Coffins
Pints Of Guinness Make You Strong
Sink, Flórida, Sink
We Laugh and Danger (And Break All The Rules)



Por: Roberio Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário