Dicas

Translate

1 de agosto de 2019

PROJETO MÚSICA NO TOM EM AGOSTO NO TOM BRASIL COM ENTRADA GRATUITA

Em agosto, no lounge do Tom Brasil , com entrada gratuita, acontecerá o Projeto Música no Tom dedicado à difusão e fomento da música popular brasileira ,mais precisamente  da cena paulistana de vanguarda.  O objetivo é dar oportunidade a  artistas de qualidade, que praticamente não tem acesso para divulgar o seu trabalho. 

Ao todo serão 10 artistas que vão apresentar  seus trabalhos em shows das 20h30 até 21h40 e 23h30 até 00h40.

O projeto é incentivado pelo PROAC SP, patrocinado pela Coca-Cola e conta com o apoio do Sorvete Jundiá.

No sábado dia 03/08 será a vez de Gabriel Sater (20h30 as 21h40) e do Grupo Projeto Mais Acústico (23h30 as 00h40).


Gabriel Sater e seu show: 

QUANDO FOR A HORA, novo show e turnê de Gabriel Sater – filho do violeiro Almir -, é fruto do lançamento do seu novo e 4º CD "Gabriel Sater Ao Vivo no MINIDocs" e da estréia do premiado filme "Coração de Cowboy" de Gui Pereira, no qual é protagonista e que lhe garantiu prêmio de melhor ator no Scruffy City Film and Music Festival 2018 (Knoxville/Tennessee/EUA). No repertório estão composições em parceria com grandes artistas da música brasileira, alcomo "Quando For A Hora" (com Renato Teixeira e João Gaspar) e "Meu Lugar" (com Leandro Aguiari e César Leite), ambas trilha do filme ‘Coração de Cowboy’, "Em Folha e Flor" e "Boca do Mato" (com Luiz Carlos Sá – da dupla com Guarabyra), "Tem Que Ter Coragem" (com Negão dos Santos, filho de Elpídio do Santos), trilha sonora do filme ‘Malasartes e o Duelo com a Morte’ de Paulo Morelli, entre outras. O show traz ainda releituras de clássicos da MPB, do rock rural, do Folk e da música Latinoamericana, como "Amanheceu Peguei a Viola" (Renato Teixeira), "Tocando em Frente (A. Sater/R. Teixeira), Sobradinho (Sá & Guarabyra), Maria Maria (M. Nascimento/F. Brant), “Nós Dois” (Celso Adolfo), “Sexto Sentido” (Rafael Altério e Rita Altério) além das instrumentais Mercedita (R. Xisto Rios) Arabescos (Agustín Barrios) e Adios Noniño (Astor Piazzolla).


Por: Miriam Martinez

Nenhum comentário:

Postar um comentário